Translate this Page

Rating: 3.2/5 (120 votos)


ONLINE
1



Partilhe esta Página

 

 


Quando Se Diz Eu Te Amo
Quando Se Diz Eu Te Amo

 

chave

QUANDO SE DIZ EU TE AMO


Conversei outro dia com uma amiga sobre isso que chamo de banalização do amor. Ela não vê problemas, é a favor da livre expressão dos sentimentos.
Eu também sou, mas será que sabemos separar o gostar do amar?
Acredito que são sentimentos bem diferentes. Às vezes você passa anos ao lado de alguém e nem sabe se ama mesmo, como ter certeza em pouco tempo de convivência?

Quando você ama uma comida, você ama a sensação, o prazer que ela te proporciona.
A mesma coisa quando você ama uma cidade: na verdade você está amando todas as maravilhas que aquele lugar te proporciona como o lazer, o trabalho, as lembranças afetivas, o clima, o jeito das pessoas que moram lá.


A pessoa que ama pilates é porque ama se sentir flexível, ter boa postura. Esse amor chama-se amor utilitário, ou seja, eu amo porque tenho benefícios, incentivos, vantagens, lucros, proveitos.

Mas amar alguém é mais do que um jogo de interesses de satisfação própria. É muito mais do que colocar na balança aspectos positivos e negativos e se tiver mais coisas boas é amor.
Amar um ser humano não tem a ver com o que a outra pessoa vai oferecer, no sentido de sanar expectativas e idealizações. Não tem a ver se ela vai ser útil ou representar um papel importante na sua vida. Tem menos a ver ainda com sentimentos de posse. Sabe por quê? 
Porque o amor está na apreciação, na admiração, no querer bem independente de qualquer coisa, na felicidade de ver o outro feliz.

Amar é torcer constantemente para aquela pessoa alcançar todos os sonhos; é aceitar que o caminho dela pode ser diferente do seu; é dar um sorriso ao lembrar dela, mesmo que vocês passem anos distantes. É incluí-la nas suas orações ou nos seus pensamentos positivos. É estar disponível para um abraço aconchegante. É se tornar uma pessoa melhor quando vocês estão juntos.

Percebe a diferença entre amar uma pessoa e uma coisa? Amar genuinamente alguém é uma construção! Tem que ser! Por isto desconfio de quem solta um “eu te amo” na primeira semana de namoro.


Criar toda uma expectativa, uma segurança de amor que, muitas vezes, é ilusória? E depois? É fácil dizer que não ama mais? Desculpa, te amei por 2 meses, juro que foi real, mas acabou, fica bem tá? Tchau!
Dizem que tudo que vem muito rápido vai muito rápido também…

O mundo está precisando de mais amor, é verdade, mas não é sair por aí gritando aos quatro cantos que você ama tudo e todos que essa questão vai ser resolvida. Até porque falar sem sentir e sem agir traz sérias consequências.

Queria dizer que dá para ir com calma sim, dá para ser intenso sem ser falso, dá para ser cuidadoso sem deixar de ser extrovertido. 
Também dá para falar com o olhar, com as mãos, em pensamentos. Portanto o amor precisa antes ser sentido e depois demonstrado. 


O Eu te amo não é por atacado nem pode ser comprado junto com uma dúzia de rosas.
Eu te amo é coisa séria e só deve ser dito quando verdadeiro.
Ironi Jaeger