Translate this Page

Rating: 2.7/5 (365 votos)


ONLINE
1



Partilhe esta Página

 

 


Entrevista Richardison Silva
Entrevista Richardison Silva

Richardison Silva faz sucesso no TikTok

Ator de Itatiaia conquista internautas com personagem caricata; um dos vídeos já ultrapassou as 700 mil visualizações

Para gargalhar: Ainda sem nome, o OLHO VIVO batizou a personagem como Berenice, ou simplesmente Berê

Um desempregado. Uma pandemia. Uma personagem caricata. Um aplicativo de sucesso. Dedicação. E talento, é claro. Pronto. Sucesso! Um dos vídeos do ator Richardison Silva, o Rick, que mora em Itatiaia, já ultrapassou as 700 mil visualizações no TikTok. O humor da personagem (que o OLHO VIVO passa a chamar de Berenice, ou simplesmente Berê, a partir de agora) conquistou os internautas. 

Rick conta que sempre gostou da classe artística. Desde pequeno quis aparecer, ser visto. Morava em Pernambuco na infância e lá já fazia peças de teatro na escola, e amava.

- Infelizmente, não tenho registros desses momentos - lamenta.

Quando mudou-se para Itatiaia com a família, entrou nos grupos de dança Ritmos e Corpo em Movimento, ambos administrados pelo professor Jefferson Santos. Também em Itatiaia, fez curso de teatro, que era público, oferecido pela prefeitura na época: o Itatiaia em Cena.

- O curso acabou e fiquei sem chão, porque queria mais. Depois disso, comecei a fazer curso de teatro na Oficina de Atores, em Copacabana (RJ), e todos os sábados, durante três anos, ia para a capital fazer o curso.

Lá, Rick participou de diversas peças e assim conseguiu material suficiente para adquirir registro de ator na Delegacia Regional do Trabalho.

  • Já me atrevi a seguir também o caminho da música. Fiz testes para o “Ídolos” (SBT e Record TV) e também no Raul Gil, que na época fui aprovado, mas nunca chamado. Não tenho mágoas.
  • Em 2014, passou uma temporada no Rio com uma amiga e quando estava lá começou a fazer algumas figurações, para ganhar uma grana e ver de perto como eram feitas as produções dos programas de TV.

    - Comecei a fazer figuração para o “Zorra Total” e com o tempo fui fazendo amizade com alguns atores do elenco, e depois ganhei até uns destaques em cenas com o ator Rodrigo Sant´Anna, que era sempre um querido comigo. O formato do “Zorra Total” na época em que eu fazia as participações foi extinto e infelizmente parei de fazer - lembra.

    Rick entrou para a faculdade de cinema em 2015 e concluiu em 2019, também no Rio. Depois disso, não fez mais nada na dança, música e no teatro.

    - Já pretendendo voltar a fazer algo, minha amiga me incentivou a baixar o TikTok e o usei para fazer esses vídeos caricatos, que até então estão dando certo, e creio em Deus que renderão frutos e ideias para projetos futuros.

    Confira a entrevista com Richardison Silva

  • As pessoas gostam muito de humor e os vídeos com dublagens são bastante vistos; decidi arriscar e acredito que tá dando certo”
  • Quando e como você criou a personagem para o TikTok?

    No mundo TikTok ainda sou novato. Estou lá faz pouco mais de um mês. Criei minha conta porque, devido a essa pandemia, como no meu dia a dia já sou uma pessoa um pouco agitada, me senti vazio por estar sem fazer nada durante a quarentena e então decidi arriscar. Desde o início até a metade do mês mais ou menos, gravava os vídeos normal, sem personagem. Ela não tem um nome definido.

    Quem é Berenice? Qual a história dela? Como foi o processo de construção da personagem? Você usou as mesmas técnicas de construção teatral?

    Estou quase adotando esse nome Berenice para essa personagem (risos).
    Um dia estava passando pelos vídeos e ouvi um áudio que achei interessante e então o quis gravar, porém, era um áudio engraçado demais para gravar cru, sem personagem, sem figurino. Nesse mesmo dia criei essa personagem com os poucos acessórios que tenho, como uma touca de banho, escova de cabelo e um vestido, que fazia parte de um figurino de uma peça de teatro que fiz no Rio de Janeiro. Então, só me restou mesmo acrescentar a interpretação, que deu um recheio a mais para esse vídeo. Foi aí que nasceu essa personagem. Para a criação dessa personagem, imaginei como ela poderia ser, de uma forma que combinasse com o áudio em questão, tanto no tom de voz como no jeito de se expressar. Não teve erro, caiu no gosto das pessoas, que me parabenizaram pela pequena interpretação feita no vídeo.

  • Você disse que no TikTok o trabalho de ator é basicamente de dublagem, certo? Trace um paralelo e as principais diferenças de atuação entre essas linguagens (teatral e virtual).

    Sim, o TikTok na verdade é um aplicativo que te dá a liberdade para você fazer o que quer no que se encaixa. Seja interpretando, dançando, mostrando seu dia a dia, cantando, etc. O que percebi é que as pessoas por lá gostam muito de humor e que os vídeos em que as pessoas dublavam, eram bastante vistos. Decidi arriscar e acredito que tá dando certo. As pessoas estão vendo.
    A diferença na atuação nesses segmentos é que, nas dublagens, como, por exemplo, essas do TikTok, você já tem ali um áudio que você precisa decorar para poder gravá-lo com o tempo certo. Eu, por exemplo, sou muito perfeccionista e gravo diversas vezes até parecer bem natural, tanto na forma que mexemos a boca como na respiração, dando a impressão de que fosse eu que estivesse falando. Já no teatro você tem que usar mais da sua criatividade como ator, além de todo o processo que já conhecemos, como decorar os textos, seguir as rubricas, a direção, o espaço, etc. 

  • Como você escolhe o que será dublado? Você faz uma pesquisa temática, de acordo com a personalidade da personagem? Ou escolhe aleatoriamente?

    Nesse caso escolho aleatoriamente. Através do meu primeiro vídeo, pude perceber mais ou menos o gosto das pessoas que estavam curtindo, comentando e compartilhando. As pessoas que geralmente estão me seguindo gostam de comédia, da forma caricata que uso para a interpretação dos vídeos, nos áudios engraçados e de como tudo se encaixa. Então, escolho já imaginando a reação do público assistindo aquele conteúdo.

    Como está a aceitação da personagem no TikTok? Pode citar números?

    Quando a criei, nem imaginava que as pessoas fossem gostar tanto. O meu vídeo mais visto com essa personagem ultrapassou 700 mil visualizações. Acredito que, de tanto as pessoas estarem curtindo e comentando, o TikTok possa ter colocado o vídeo em destaque no aplicativo em uma aba chamada de “Para Você”, onde faz a sugestão de vídeos para os usuários, alcançando assim um número maior de visualizações. Por causa desse vídeo, vi meu perfil saltar de 80 seguidores para 9 mil, e todos os dias há novas pessoas me seguindo. O TikTok é um aplicativo muito imprevisível. Você tem que postar conteúdos por gostar, sem pensar em números, porque uma hora você tem boas visualizações, outras não. Quem é usuário do aplicativo, irá entender o que estou falando.

  • Qual a periodicidade das postagens? 

    Posto vídeos quase todos os dias. Não fico mais de três dias sem postar, até porque gosto de estar ali. Como disse na pergunta anterior, foi uma surpresa a aceitação do público. As pessoas poderiam apenas ter gostado do áudio, que já tem o seu vídeo original. Porém, se você, por exemplo, for dar uma olhada nos comentários do vídeo, o que as pessoas mais gostaram foram da interpretação, das expressões que fiz no vídeo (mesmo que simples), e outros até arriscaram em dizer que esse vídeo ficou melhor que o original, expressaram suas opiniões dizendo que é o melhor já gravado no aplicativo desse áudio que eles viram. Fiz questão de curtir todos os comentários e responder praticamente todos.

    O que é mais difícil nesse processo todo?

    Encontrar áudios que sejam engraçados e que possam atrair as pessoas. Fico quase o dia todo no aplicativo assistindo a vídeos de outros usuários e, quando vejo algum interessante, o marco como favorito para tentar gravá-lo mais tarde.

    Pesquisas apontam que o TikTok é o aplicativo que agrada mais aos jovens. Você acha que é mais um aplicativo de sucesso passageiro? Ou veio para ficar?

    Pelo que vi, o TikTok já está entre nós desde 2016, mas só tive conhecimento no ano passado, mas não me interessei em tê-lo. Durante a pandemia, através de uma amiga que me incentivou a criar, resolvi dar uma chance e baixei o aplicativo para testar e entender do que se tratava. O resultado disso a gente pode conferir hoje (risos). E sim, os jovens o usam bastante para suas criações. O aplicativo também tem uma vantagem: O usuário que possui mais de 1000 seguidores tem a opção de fazer live. Nessas lives, usuários também podem doar presentes virtuais do aplicativo, presentes que são convertidos em reais para aquele usuário. Achei essa ideia excelente do aplicativo.

  • Você vive da arte?

    No momento estou desempregado, esse também é um dos motivos para que eu tenha tempo para me dedicar à criação desses vídeos no TikTok. Fora do meio artístico já trabalhei em recepção de pousada, almoxarifado, telemarketing e durante anos fui funcionário (cargo comissionado) da Câmara Municipal de Itatiaia.

    > Fique de olho nas redes sociais do Richardison Silva - Facebook | Instagram: @richardisonsilva | TikTok: @richardisonsilvaa