Translate this Page

Rating: 2.7/5 (378 votos)


ONLINE
3



Partilhe esta Página

 

 


Entrevista Mika
Entrevista Mika

Pistoleira

Mika esquenta o universo drag

Terceira música de trabalho, - Fogo - ganha clipe promocional, enquanto a artista prepara vídeo oficial e o seu primeiro EP

Entrevistas  –  18/03/2019 

Quando o assunto é música, nós não podemos brincar; tenho acompanhamento de um professor de canto sempre que posso”

Jhefferson Palma tem 25 anos, nasceu e foi criado em Barra Mansa. Mas todos o conhecem como Mika, a drag/cantora que está colocando “Fogo” por onde passa. São dois anos caminhando na arte de se montar e na música. Mika também é compositora, performer e às vezes ataca como DJ. Já lançou três músicas - todas com clipes -, rodou por quase todo o Sul Fluminense com a “Pistoleira Tour” e participou duas vezes do Prêmio OLHO VIVO. A drag lançou suas músicas no Auê House, fez shows na The Gaarden e Sweve, entre tantas outras boates e festas. E promete esquentar ainda mais o universo drag da região. 

Confira a entrevista com Mika  

O vídeo promocional tem como referência os clipes funk dos anos 90; tanto a música quanto o clipe levam essa pegada, muita dança, empoderamento e atitude” 

Você é autodidata na música? E na arte drag?  

Quando o assunto é música, nós não podemos brincar. Tenho acompanhamento de um professor de canto sempre que posso. E na arte drag quase sempre me virei sozinha, sou bem empenhada e faço tudo que posso para estar no meu melhor, customizo roupas, faço minha própria maquiagem e cuido de minhas perucas. 

É o seu segundo clipe oficial? Qual foi o primeiro?  

Fogo” é a minha terceira música de trabalho, e estou trabalhando com um vídeo promocional, ainda à espera do clipe oficial. O primeiro videoclipe da minha carreira foi para a música “Pistoleira”, que abriu muitas portas na região e serviu para impulsionar minha carreira como drag e cantora. De lá pra cá, tenho estudado muito, sem parar de produzir conteúdo, né. Meus amores não podem ficar sem close. (risos) 

Quando e onde foi gravado o clipe promocional de “Fogo”? 

O clipe foi produzido em estúdio com chroma key, em que usamos para desenvolver o conceito desse vídeo. O clipe demorou cerca de 20 dias para ficar pronto, entre gravação e edição, o resultado ficou muito satisfatório e a repercussão também! 

Veja o clipe promocional de “Fogo” 

Qual a ideia básica do clipe? Existe uma história no clipe? Uma mensagem? E como isso foi sendo desenvolvido? 

Esse vídeo tem como referência os clipes funk dos anos 90, tanto a música quanto o clipe levam essa pegada. Eu levo na letra uma interpretação de sensações quando estamos na balada, muita dança, empoderamento e atitude. 

Quem é quem no clipe 

. Artista: Mika
. Compositor: MC Felipin  
. Produção Musical: Ramiro Mart e MC Felipin
. Roteiro: Alexandre Pinheiro
. Participações Especiais: Bruno Marquetti e Paulo Vitor
. Produzido por: Alexandre Pinheiro e Thiago Rocha 

Você pensa em gravar um EP ou CD? Ou um disco visual com clipes?

Estou a caminho do lançamento do meu EP, sendo “Fogo” o carro chefe desse novo projeto. 

Como a música do clipe chegou até você?  

Eu tenho muito contato com o MC Felipin, que vem me ajudando desde o começo da minha carreira musical, ele fez o beat, conversamos bastante, daí surgiu essa letra inspirada em pensamentos meu e minha forma de ser, a Mika é fogo, fogo e brasa. (risos) 

Como você define o seu estilo musical? É uma opção mercadológica? Ou o que você gosta mesmo de mostrar ao seu público? 

Defino meu estilo musical como pop, porém circulo pelo trap, funk, pois minha região carrega diversas referências musicais, então carrego um pouquinho de cada, como um bom Sul Fluminense. 

Novos projetos e novos trabalhos. O que vem por aí? 

Após o vídeo oficial de “Fogo” ser lançado, e que será em breve, pretendo levar esse projeto para lugares onde ainda não fui e, claro, que para toda a minha região. E em seguida me dedicarei ao lançamento do meu primeiro EP, ainda sem nome definido. 

Sou muito grata por todo o carinho que tenho recebido de meus admiradores, pessoas que acompanham meu trabalho de perto e torcem por mim, pessoas que chegam junto nessa caminhada e fazem toda a diferença na minha vida. Minha carreira está só no começo, mas já tenho muita coisa boa para louvar. Obrigada Deus, obrigada a todas as oportunidades e a todos que acreditam na Pistoleira, a gente balança mas não cai, e o jogo continua. Kisses!